Depressão e Ansiedade. A bike pode ajudar?

É um assunto difícil de falar mas é um tema recorrente dentro da nossa época. Fica para mim igualmente difícil pois comecei a perceber graus de ansiedade diversos e a dificuldade em aceitar que estava passando.

Preocupações, incertezas, acordar de noite com coração disparando, falta de dinheiro, são tudo momento que passo mesmo tendo como aliado os esportes ao ar livre. Você pode falar : Mas você é dono de loja de bikes e tem uma bike top e pedala vários kms.. Como assim??

Cara.. Sim.. Percebi que passo por momentos de ansiedade e apesar do mercado de bikes ter tido um momento glorioso na pandemia, agora estamos vivendo o lado contrário da carta. A da alta incerteza do mercado e não há quem não diga que se sente angustiado com este momento.

Me vejo não livre disto, mas agora dentro de um processo de aceitar, e não me render e largar tudo. Aceitar que a angustia e ansiedade está dentro de mim e que faz parte natural da nossa vida.

É certo que pessoas vão responder de diferentes maneiras frente às dificuldades e digo que não é vergonha ou orgulho ferido pedir ajuda médica ou de um psicólogo. Pedir ajuda é entender que você está escolhendo ser dono de si mesmo e começar a dominar o monstro interno que está te atormentando.

A conversa com um especialista ou mesmo com um amigo de sua confiança vai ser o começo de abertura a um leque de opções de como começar a amansar este monstro.

Quero tentar ser este amigo aqui do outro lado deste texto e falar pra você que mesmo eu praticando esportes por anos também caio na armadilha de ficar muito ansioso e outras perda total de motivação. Mas porque..?? Simplesmente porque eu nunca havia sido lojista e como algo novo como a questão pandêmica também traz incertezas mil.

Algo bem diferente da trilhas, escaladas, viagens de bike porque ali eu aceitava que as incertezas são a parte bonita da atividade. Passar um crux (parte dificil) de uma via de escalada, uma trilha difícil e cansativa que parece que não acaba nunca ou treinar exaustivamente para uma maratona sem saber se vai dar certo.

Vou dizer para você que isto tudo acima é parte de um histórico que estava simplesmente guardado dentro de um baú na minha cabeça e só conseguir acessar ele quando refiz o Caminho da Fé (veja meu relato). Eu não sabia que este baú estava guardado tão fundo e como o tinha esquecido desta parte da formação de mim. No momento que fiz o Caminho relembrei de onde vim e dos momentos incríveis que tinha passado até ali.

Então o que te digo é a bike para mim ´é um instrumento em que você poderá acessar algo novo que pode ser que nem havia imaginado, ou seja, uma nova perspectiva de ver sua participação dentro deste mundo.

No meu caso foi um resgate de mim mesmo pela bike. Lembrei que na bike fiz minhas melhores viagens, tenho amigos, ganhei conhecimento e também me trouxe a uma cidade bem mais tranquila aqui no interior de São Paulo em Catanduva. Este é o sonho de muito paulistano que está escravo da vida na capital sem saber como ou quando vai conseguir sair e ter um pouco de qualidade de vida.

A ansiedade ainda está morando dentro de mim, mas depois de ver de novo quem eu era comecei a ver com alegria as pedaladas, chamar as pessoas, e claro, ter prazer em estar com elas. Este momentos estão fazendo com que a ansiedade vá aos pouco perdendo o foco.

Então digo que a bike é um meio mas não o fim. Primeiro aceite a doença se assim posso chamar e peça ajuda. Se decidir começar na bike, comece aos poucos e sem comprometimento. Aproveite o momento como seu, sinta o vento batendo no seu rosto e veja a paisagem passando ao seu lado, chame um amigo e crie um horário para seu lazer.

Abaixo deixei um vídeo (com a devida permissão) do canal PEDALENTOS com o @rmichaelsen falando sobre o mesmo tema :

Sofre de depressão e ansiedade? Saiba como o ciclismo pode ajudar | PEDALENTO

2 comentários em “Depressão e Ansiedade. A bike pode ajudar?

Adicione o seu

  1. Muito bom!! Ansiedade é um privilégio daquele que anseia, que deseja, que sonha em ser cada dia melhor. O homem que nada deseja nada anseia, nada evolui, nada constrói…..

    1. Obrigado pelo comentário Willian. O Willian está sendo meu psicólogo e terapeuta e apesar de estar falando sobre este assunto não tenho domínio total sobre o tema e como relatado eu mesmo sofro por falta de entendimento. Neste exato dia fazem duas sessões mas parecem que já fazem dias… Minha vontade é e não parar.

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: